Pesquisa estuda as emoções ligadas a cada tipo de bebida

Já não são novidades as informações sobre os males que as bebidas alcoólicas causam na sociedade como um todo. Seus efeitos nocivos estão por trás de mais de 3 milhões de óbitos anuais, e existe uma estimativa que 5% das doenças e acidentes ocorridos no planeta anualmente possuem alguma ligação com o álcool.

Esses dados fizeram alguns pesquisadores se mobilizarem para tentar entender o porquê realmente leva uma pessoa a consumir bebidas, seja habitualmente ou esporadicamente. Essa iniciativa foi da Global Drug Survey, que criou um questionário online para ambos os sexos que visa descobrir as emoções atreladas ao consumo de bebidas alcoólicas. Dentre as substâncias analisadas, estão: cerveja, vinho branco, vinho tinto e destilados.

Para poder responder ao questionário, o participante deve ter ingerido todas essas bebidas em algum momento no ultimo ano. Ao longo das perguntas, os voluntários tiveram que associar as bebidas a emoções positivas e emoções negativas. Dentre as positivas, existiam as opções: com energia, sexy, confiante e relaxado, e entre as negativas as opções eram: cansaço, inquietude, agressividade e vontade de chorar.

Não se sabe se é por causa da influência do marketing das bebidas, mas os resultados refletiram os rótulos que normalmente são atribuídos às bebidas nas propagandas. Como por exemplo, a vodca e uísque normalmente são retratados como bebidas para pessoas sofisticadas. Aproximadamente 60% das pessoas ligaram os destilados nos sentimentos de confiança e energia, e um pouco mais de 40% disseram que essas bebidas possuem a capacidade de deixar uma pessoa mais sexy. O vinho, também foi encaixado nesse perfil.

Como é uma pesquisa de observação, ela não analisa os efeitos dessa substância nos organismos das pessoas, mas a analise das respostas sugerem que as pessoas consomem as bebidas alcoólicas por causa das emoções incutidas tradicionalmente nessas bebidas, que sempre foram induzidos pela indústria.

Especialistas dizem que é difícil assegurar se de fato as pessoas sentem as emoções que as bebidas projetam. Pois existe um contexto social que influência o consumo, como a costume de beber cerveja em churrasco, beber champanhe em comemorações refinadas e tomar wyski sentado numa poltrona depois de um dia cansativo, hábito muito repetido em personagens de filmes e seriados.

 

Lista dos tweets mais compartilhados no Twitter foi dominado pelo nuggets gratís

O Twitter, rede social que oferece o serviço de microblogging, revelou a lista dos tweets mais compartilhados na rede social em 2017. Neste ano, o ranking dos 10 tweets mais compartilhados foi liderado pelo adolescente americano chamado Carter Wilkerson, com seu famoso tweet sobre nuggets grátis. O adolescente ficou na frente até mesmo do ex-presidente dos EUA, que acabou aparecendo em segundo lugar no ranking, Barack Obama. A lista divulgada teve os seguintes tweets:

Carter Wilkerson, com 3,6 milhões de compartilhamentos em um tweet que pedia a ajuda de pessoas para ganhar um desafio lançado contra a rede de fast food Wendy’s, onde a mensagem deveria ser compartilhada por, pelo menos, 18 milhões de pessoas para que o adolescente ganhasse um ano de nuggets gratís.

Barack Obama ganhou o segundo lugar ao divulgar um texto sobre racismo no dia 12 de agosto deste ano. A mensagem do presidente na verdade foi uma fala muito conhecida de Nelson Mandela, que diz que o ódio não está presente em ninguém ao nascermos, muito menos em relação a cor da pele ou ainda em relação a religião de outra pessoa. O tweet alcançou 1.711.391 retweets, contados até o dia 5 de dezembro deste ano.

Pen State IFC consagrou o terceiro lugar ao tweetou que doaria US$ 0,10 a cada compartilhamento de seus seguidores para a devastação que ocorreu em Houston. A mensagem foi compartilhada por 1.167.099 pessoas.

Ariana Grande disse em seu tweet que entrou para o 4º lugar os tweets mais compartilhados neste ano, que estava devastada e sem palavras pelo terrível ocorrido em seu show. A mensagem da cantora foi postada na rede social após o atentado terrorista ocorrido em seu show.

O perfil Presidente Barack Obama teve mais de 800 mil compartilhamentos em seu tweet que marcou o último dia do mandato do presidente, que foi postado em agradecimento pelo mandato. Segundo Obama em seu tweet, ele gostaria de que os americanos apenas se lembrassem de seu primeiro pedido ao início do mandato, que era de acreditar na mudança de cada um.

O 6º lugar foi ocupado por um tweet em que a banda Linkin Park publicou uma foto de Chester Bennington após a morte do cantor. O tweet foi compartilhado mais de 700 mil vezes. Em seguida aparece Lebron James, com um tweet compartilhado por mais de 600 mil pessoas. Em 7º lugar, o perfil Presidente Barack Obama aparece novamente com um tweet que foi compartilhado por 630.853 pessoas, dizendo que para ele foi a maior honra ter servido às pessoas que votaram nele. Ele ainda disse que se tornou um líder e um homem ainda melhor após ter sido presidente.

E as duas últimas colocações foram em prol da solidariedade, tendo em 9º lugar o tweet de Sam Martin, dizendo que doaria 6 libras para cada compartilhamento do tweet em ração de cães para Houston; e o de Seth Joesph, que divulgou o número de telefone para a prevenção de suicídios nos Estados Unidos.

 

Avaliação do MEC apontou que apenas 1,9% dos cursos obtiveram nota máxima

 

A avaliação do Ministério da Educação apontou que apenas 1,9% dos cursos superiores receberam a nota máxima em 2016. Os dados são do Conceito Preliminar de Curso disponibilizados no site do MEC.

Os critérios levados em conta na avaliação são: o desempenho dos formados no Enade, o que o curso agregou ao aluno, o corpo docente e a opinião dos formandos sobre o curso realizado, como currículo, infraestrutura, entre outras informações. As notas vão de 1 a 5.

Foram analisados 4,1 mil cursos em diferentes áreas como saúde, ciências agrárias, eixos tecnológicos em ambiente e saúde, produção de alimentos, recursos naturais, militares e segurança. A avaliação só pode ser realizada em cursos com pelos dois alunos.

A avaliação apontou que em 0,4% dos cursos receberam a nota 1, e 7% a nota 2, em 50,5% a nota 3, em 40,3% a nota 4 e em 1,9% a nota 5. Os locais com a nota abaixo da média deverão receber visitas de técnicos do MEC para uma avaliação de resultados, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

A nota baixa não significa que o curso é ruim, explica o coordenador-geral do controle de qualidade do Inep, Renato Santos. Essas graduações foram avaliadas pela última vez em 2013.

As instituições públicas foram as com melhores desempenhos de resultados. Um dos fatores que foram considerados nos resultados é a qualidade dos professores, tanto o regime de trabalho quando na capacitação dos mesmos. “Agora é importante observar como as instituições vão reagir com os resultados”, questiona o secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior do MEC, Henrique Sartori. “Dentro do ambiente regulatório, estamos muito acostumados a verificar quem é ruim. Quem é 1 e quem é 2, quem merece uma sanção, quem merece uma visita”, completa.

O secretário ainda declarou que para um resultado ser satisfatório o curso deve receber a nota a partir de três.

O indicador de qualidade que avalia as instituições de ensino superior também foram divulgadas pelo MEC, através do Índice Geral de Cursos. Os resultados mostraram que apenas 1,5% das instituições de ensino superior tiveram a nota máxima e 14% tiveram resultados insatisfatórios.

Michel Terpins conquista o título em competição nacional de rally

Depois de ganhar o primeiro dia do Rally Rota Sudeste, o piloto Michel Terpins e sua dupla, Beco Andreotti, do veículo #322, tiveram um problema técnico na altura do quilômetro 70, o qual afetou o suporte do câmbio, impossibilitando a equipe de finalizar a prova. Mas apesar desse imprevisto, o piloto se consagrou de forma antecipada como o grande campeão brasileiro na categoria Protótipos T1 no Rally Cross Country.

O piloto da equipe Bull Sertões Rally Team destacou em entrevista que esse foi um ótimo rally, com boas condições externas e com um percurso que lhe agradou. Contudo, essa falha técnica fez com que Michel Terpins permanecesse apenas com a primeira marcha, o que levou a dupla a optar por abandonar a prova.

O Rally Rota Sudeste, realizado em Lençóis Paulista, foi a penúltima prova dessa temporada, sendo responsável por definir a pontuação da 11ª e da 12ª etapa da competição.

Para Michel Terpins, esse foi um título muito comemorado por toda a equipe, tendo em vista que o piloto já havia ficado com o vice-campeonato na categoria Protótipos T1 nas duas últimas edições, nos anos de 2015 e 2016. Após se consagrar como campeão, ele ressaltou que vencer o prestigiado Rally dos Sertões e ainda ser o campeão brasileiro na mesma temporada marcaram o melhor momento de sua carreira nas pistas de rally, algo que ele vinha buscando há bastante tempo.

Durante o Rally dos Sertões, a dupla do piloto foi o navegador Maykel Justo, enquanto na fase final do campeonato nacional, a posição foi ocupada pelo navegador Beco Andreotti. Após o Rally Rota Sudeste, a dupla ainda voltará as pistas para a última etapa da competição, no chamado Rally dos Amigos, o qual será disputado na cidade de Avaré, no interior de São Paulo.

Ao todo, a etapa do Rally Rota Sudeste consistiu em quase 450 quilômetros, com mais de 300 percursos cronometrados, os quais foram divididos em dois dias de provas. A dupla que venceu essa etapa na classificação geral foi o piloto André Miranda e o navegador Alison Pedroso, sendo seguidos pelo piloto Fábio Ruediger e o navegador Eduardo Bampi, que foram os grandes vencedores da categoria Protótipos T1.

A equipe Bull Sertões Rally Team surgiu há alguns anos devido a paixão pelo esporte e por velocidade dos irmãos Michel Terpins e Rodrigo Terpins. Ao longo de suas carreiras na modalidade, Rodrigo Terpins já participou de cinco edições do Rally dos Sertões, enquanto Michel já esteve na competição em dez ocasiões. Há quatro temporadas, ambos disputam esse torneio e o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country a bordo do T-Rex, automóvel desenvolvido pela MEM Motorsport. A equipe tem entre os seus principais patrocinadores, a Bull Sertões e a 100% Eventos.

Na 25ª edição do Rally dos Sertões, que ocorreu nessa temporada de 2017, o piloto Michel Terpins venceu a maior competição off-road do país na categoria Protótipos T1, conquistando assim um título até então inédito em sua carreira e para a sua equipe, a Bull Sertões Rally Team.

 

As espécies de animais com os golpes mais fortes e mais rápidos da natureza

Alguns animais são capazes de dar chutes e até mesmo socos, com uma garra invejável em uma luta para a sua sobrevivência.

Algumas dessas espécies podem desferir golpes bem fortes, surpreendendo a todos com a sua agilidade e rapidez.

O golpe mais veloz conhecido através de estudos feitos por cientistas, foi o do camarão-mantis, também chamado no Brasil de lagosta-boxeadora. Ela utiliza as suas patas como se fossem braços para nocautearem as suas presas, com uma força impressionante, sendo possível produzir nessa ação luz, calor e som.

Determinadas espécies de crustáceos desenvolveram alguns apêndices para poderem arpear as suas presas, e outras criaram uma espécie de clava. Essa lagosta-boxeadora já rompeu vidros de aquários somente com um soco.

Uma pesquisa da Universidade de Duke, conduzida por Sheila Patek, descobriu que existem lagostas-boxeadoras que podem produzir uma potência igual a cerca de 2,5 mil vezes o seu peso, em um tempo menor que oitocentos microssegundos. No laboratório de Sheila Patek dentro da universidade, que é especializado em pesquisar a mobilidade rápida das espécies, a pesquisadora descobriu que o mistério está na estrutura desses animais. Eles agem como arqueiros, concentrando energia elástica para somente depois desferirem o golpe.

O seu grupo de cientistas também descobriu, que os camarões também travam combates em disputas por territórios, mas são poucas as vezes em que eles entram em um combate corporal. Essa espécie acaba envolvendo a sua carapaça blindada para preservar a sua região do abdômen, ganhando esse combate aquele que suportar a maior quantidade de golpes.

A pesquisadora também fez estudos com uma espécie chamada de  formiga-de-estalo,  que consegue bloquear a sua mandíbula com enorme rapidez. Essa espécie também consegue praticar uma ação parecida com o boxe, utilizando as suas antenas como se fossem punhos para estabelecer os vínculos de autoridade dentro de seus ninhos. No ano passado, os pesquisadores utilizaram câmeras de última geração para filmar a rapidez dos combates entre as formigas.

Os movimentos de uma formiga-de-estalo encontrada em território americano, se mostraram muito rápidos, já que ela golpeou o seu adversário 41,5 vezes em apenas um segundo. Os cientistas concluíram que eles haviam filmado a espécie com os golpes mais rápidos já encontrados pela ciência.

 

Normas brasileiras de sustentabilidade são modelos para outros países

A ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), desenvolveu uma norma que é redirecionada para o desenvolvimento sustentável nos meios de hospedagem que servirá de apoio para o fornecimento de um novo protocolo da instituição responsável mundialmente pela uniformização de produtos e serviços, a ISO, sigla em inglês para International Organization for Stardardization.

O Sebrae, motivado pelo setor de turismo em parceria com a ABNT, apresenta normas de práticas socioambientais dos hotéis e pousadas e disponibiliza na internet diversas técnicas para promover as práticas sustentáveis do setor.

O documento intitulado como Meios de Hospedagens – Sistema de gestão da sustentabilidade – Requisitos, é brasileiro e irá apoiar o que vem sendo chamado de ISO/CD 21401, que tem a previsão de ser publicado em 2018.

O ano considerado de dedicação ao Turismo Sustentável foi anunciado pela ONU, a Organização das Nações Unidas. A responsável pelo desenvolvimento das normas foi a Associação Brasileira de Normas Técnicas, em parceria com o Comitê Brasileiro de Turismo, que tem a participação do Ministério do Turismo. Os requisitos da regra são a sustentabilidade nas hospedagens, com critérios mínimos estabelecidos para o desempenho do tema para que os meio de hospedagem formulam objetivos que tenham requisitos legais e informações sobre os impactos ambientais, econômicos e socioculturais.

O fato das pessoas estarem mais exigentes e os destinos turísticos mais concorrentes a regra vem fortalecendo o setor. A redução de custos possibilita a adoção da norma de impactos socioambientais e ajuda na retomada da biodiversidade, promovendo a justiça social e valorização a cultura do local. A transparência de processos de decisão é estimulada na decisão e representação comunitária, proporcionando um destaque no mercado com o empreendimento certificado.

De forma ampla e garantida, a sustentabilidade no turismo é aceita não apenas pelo cuidado com os recursos naturais, mas também na defesa da integridade e cultura das regiões visitadas. O Brasil além das normas da ABNT, também possui políticas de encorajamento do Ministério do Turismo para a divulgação do tema nos destinos. A empresa Mtur em 2016 lançou um Guia de Turismo e Sustentabilidade que traz conhecimentos e práticas de sustentabilidade em empreendimentos, com retornos positivos para as características econômicas, sociais e ambientais.

 

Em 2048 o volume de raios no estado de São Paulo irá aumentar 80%, diz Inpe

Um estudo realizado pelo Inpe – “Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais”, estimou que haverá um aumento de 80% na quantidade de raios que irão incidir sobre o estado de São Paulo nas próximas três décadas. Essa média atualmente é de 700 mil incidências de raios por ano sobre o estado de São Paulo. Segundo um artigo divulgado na “American Journal of Climate Change”, uma mudança nos padrões climáticos do estado de São Paulo influencia para o surgimento cada vez maior de descargas elétricas.

A pesquisadora Ana Paula Santos, explicou que os movimentos ascendentes e os descendentes do ar, aliados ao granizo e aos cristais de gelo que formam as nuvens, entram em conflito fazendo com que eles se choquem. Esse choque entre os elementos causa das descargas elétricas. Segundo ela, os raios estão atrelados a formação do cumulonimbus, que são grandes nuvens de formações no desenvolvimento vertical.

Para a realização do estudo do Inpe, os pesquisadores buscaram se projetar em dados do IPCC – Painel Intergovernamental para a Mudança de Clima, que consideram vários fatores no levantamento dos dados, dentre eles: TSM – “Temperatura de Superfície do Mar” e variação ômega, que está diretamente ligado a formação de nuvens e são os maiores indicadores para determinar concentração de atividades elétrica.

O coautor do estudo, Osmar Pinto Junior, e também participante do Grupo de Eletricidade Atmosférica que compõe o Inpe, revelou que o estudo é pioneiro no quesito identificação quantitativa de um aumento em relação a incidência de raios em todo o estado de São Paulo. Osmar ainda afirma que o diferencial feito neste novo trabalho está em uma nova metodologia desenvolvida para alcançar projeções que visam o futuro do clima. Ele também afirmou que novos estudos estão sendo realizados para compreender melhor essas incidências e ainda prever outras que poderão surgir nos próximos anos.

Para o estudo, os pesquisadores também consideram um outro estudo considerado um pilar sobre os padrões climáticos que influenciam a formação de raios no estado de São Paulo.

 

Futuro da educação profissional no mundo é discutido em conferência

Representantes dos ministérios da educação de diversos países, se reuniram em um Conferência Internacional de Ministros para trocar experiências sobre o futuro da educação profissional no mundo, durante a 44ª edição da WordlSkills 2017 realizada em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, em novembro.

A WorldSkills é a maior competição do mundo voltada para o segmento da educação na formação de profissionais e foi realizada pela primeira vez no Oriente Médio. O evento reúne representantes de instituições de ensino técnico de jovens do mundo todo.

São realizadas competições através de provas que envolvem 52 profissões técnicas, que executam desafios com excelência e velocidade, e somam pontuação diariamente que define um campeão no final. Esse ano a edição contou com 1200 competidores de 60 países diferentes.

A secretária de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, Eline Nascimento, disse que a conferência foi uma oportunidade de troca de conhecimentos para o futuro profissional em nível global. Segundo ela, a importância da educação profissional deve ser uma opção primária que oferece aos jovens o acesso a educação voltada ao trabalho e renda, e esse é o papel de todos os governos. A educação técnica e tecnológica trás uma transformação socioeconômica, o que trás uma necessidade de discussão do assunto e troca de experiências.

O Brasil conta com 56 competidores, sendo o atual campeão no torneio realizado a cada dois anos com a conquista de 27 medalhas em 2015. Os competidores são ex alunos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial.

O painel Moldando, hoje, de políticas para a Educação Profissional do futuro, teve como pauta o desemprego entre os jovens, sustentabilidade ambiental e déficits de habilidades. Também teve como tema discutido a solução a nível de políticas na construção de uma agenda de educação profissional adequada com as necessidades do futuro.

Participaram do painel o ministro da Educação dos Emirados Árabes, Hussain Ibrahim Al Hammadi, a ministra da Educação e Cultura da Finlândia, Sanni Kaisa Grahn-Lassonen, o vice-diretor para Educação e Habilidades e chefe da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico para Habilidades, Montserrat Gomendio, o representante da Faculdade de Tecnologia para Homens nos Emirados Árabes Unidos, Mohammed Alnuaimi, e a representante do Fundo de Campeões da WorldSkills para as Américas, Jenica Branscombe.

 

Relembre a carreira profissional do executivo José Auriemo Neto

José Auriemo Neto desde criança já era considerado precoce, pois começou a andar e a falar bem mais cedo do que as outras crianças. Na fase adulta, Zeco, seu apelido entre os amigos, chegou ao cargo de presidente da JHSF muito jovem, apesar deste ser um setor até então formado por executivos com décadas de experiência.

O diferencial de José Auriemo Neto está no fato de que, desde a adolescência, ele participou de projetos como a Convivência Internacional de Jovens no Japão, e experiências como a ocasião em que morou na Bélgica para treinar hipismo com a supervisão do reconhecido cavalheiro Nelson Pessoa Filho, as quais lhe proporcionaram um grande amadurecimento mesmo com a pouca idade.

Com apenas 17 anos, José Auriemo Neto escolheu fazer o curso de Engenharia na Faculdade de Engenharia de São Paulo. Ao mesmo tempo, Zeco ainda trabalhava na incorporadora JHSF no setor de serviços, acompanhando o dia a dia da administração de estacionamentos. Cada vez mais inserido na rotina da empresa, ele decidiu trancar a faculdade e seguir os passos do pai, Fábio Auriemo, que até então ocupava o cargo de presidente da incorporadora.

Desde o momento em que a JHSF passou a direcionar o seu foco para o segmento da incorporação, a empresa conseguiu manter um ritmo de expansão rápido e consistente, alcançando o status de uma das maiores do Brasil nessa área. Em todo esse tempo de atuação, a incorporadora integrou projetos em algumas cidades do estado de São Paulo, a própria capital paulista, Salvador, Manaus, e em Punta del Este, litoral do Uruguai. Tais empreendimentos são bastante variados, indo desde prédios para a locação comercial até condomínios de alta renda.

No cargo máximo de comando da empresa, José Auriemo Neto fez a escolha de apostar no segmento da incorporação de luxo, uma área que apresentava uma enorme capacidade de expansão. Essa estratégia fez com que a JHSF investisse na construção do Parque Cidade Jardim, um grande complexo de luxo localizado na Marginal Pinheiros, região de São Paulo considerada por alguns especialistas como inapropriada para um empreendimento como esse.

Mesmo com as opiniões contrárias, Zeco investiu no projeto e comprou o terreno de mais de 80 mil metros quadrados para a viabilização do complexo. Com o Parque Cidade Jardim, a JHSF obteve lucros acima do esperado, os quais foram determinantes para que a empresa tivesse as suas ações negociadas na Bovespa. Ao ser inaugurado, a estrutura do Parque Cidade Jardim era formada por um imenso shopping center, torres residenciais, prédios comerciais, restaurantes e até mesmo uma sede do famoso hotel Fasano.

Já na esfera pessoal, José Auriemo Neto pode ser descrito como igualmente bem-sucedido por ter formado uma bela família com a esposa, Mariana Landmann Auriemo, e o casal de filhos deles. Mesmo sendo muito ocupado com os compromissos da empresa, o empresário faz questão de passar o máximo de tempo possível com a família, e também de aproveitar os dias de folga para jogar golfe, modalidade esportiva que Zeco passou a praticar nos últimos anos.

 

Falsa médica foi presa em São Paulo depois de ter trabalhado por 3 meses

Foi presa em Ibirá, São Paulo, no dia 24/10,  uma falsa médica que atendia mais de 20 pessoas por dia. De acordo com a Policia Civil, a criminosa atuou por 90 dias na cidade e atendeu cerca de 400 pessoas, ela se fingiu ser uma dermatologista da capital paulista.

Quando a falsa médica foi confrontada na Policia Civil, ela sabia o numero do RG, CPF, CRM e até mesmo o nome da mãe da médica verdadeira. No entanto, quando os agentes da Policia Civil perguntaram o nome do pai, ela cometeu um erro, explicou o delegado Roberval Costa Macedo. A falsaria foi presa por exercício irregular da profissão e identidade falsa. O hospital que a empregou por 90 dias informou que ela apresentou todos os documentos solicitados.

A suspeita tinha um carimbo e um jaleco com os dados da verdadeira médica bordados, esses pertences eram originais, pois foram furtados em São Paulo no ano anterior. A vítima disse que quebraram os vidros do seu carro e levaram a sua bolsa com todo o seu material de trabalho, e através deles a suspeita teve meios de conseguir o emprego em seu nome. A falsa médica falsificou os documentos da vítima e ainda teve a ousadia de abrir uma conta bancaria com eles, numa agencia situada no Hospital de Base de Rio Preto. A vítima falou que foi alertada pelo banco que tinham sido devolvidos mais de 10 cheques, e que soube pela agência que existia uma conta em seu nome em outra cidade.

Segundo o delegado, a suspeita confessou que chegou a trabalhar em outros lugares e que o nome verdadeiro dela é o mesmo da vítima, Kelly Queiroz. A suspeita já tinha histórico na policia por estelionato e falsidade ideológica. A fiança foi estipulada em R$ 5 mil reais, mas a falsa médica não realizou o pagamento e então foi conduzida para a prisão de Santa Adelia (SP). A prefeitura da cidade não quis comentar o caso e se ausentou de responsabilidades, alegando que foi o hospital que realizou as contratações.