Pesquisa estuda as emoções ligadas a cada tipo de bebida

Já não são novidades as informações sobre os males que as bebidas alcoólicas causam na sociedade como um todo. Seus efeitos nocivos estão por trás de mais de 3 milhões de óbitos anuais, e existe uma estimativa que 5% das doenças e acidentes ocorridos no planeta anualmente possuem alguma ligação com o álcool.

Esses dados fizeram alguns pesquisadores se mobilizarem para tentar entender o porquê realmente leva uma pessoa a consumir bebidas, seja habitualmente ou esporadicamente. Essa iniciativa foi da Global Drug Survey, que criou um questionário online para ambos os sexos que visa descobrir as emoções atreladas ao consumo de bebidas alcoólicas. Dentre as substâncias analisadas, estão: cerveja, vinho branco, vinho tinto e destilados.

Para poder responder ao questionário, o participante deve ter ingerido todas essas bebidas em algum momento no ultimo ano. Ao longo das perguntas, os voluntários tiveram que associar as bebidas a emoções positivas e emoções negativas. Dentre as positivas, existiam as opções: com energia, sexy, confiante e relaxado, e entre as negativas as opções eram: cansaço, inquietude, agressividade e vontade de chorar.

Não se sabe se é por causa da influência do marketing das bebidas, mas os resultados refletiram os rótulos que normalmente são atribuídos às bebidas nas propagandas. Como por exemplo, a vodca e uísque normalmente são retratados como bebidas para pessoas sofisticadas. Aproximadamente 60% das pessoas ligaram os destilados nos sentimentos de confiança e energia, e um pouco mais de 40% disseram que essas bebidas possuem a capacidade de deixar uma pessoa mais sexy. O vinho, também foi encaixado nesse perfil.

Como é uma pesquisa de observação, ela não analisa os efeitos dessa substância nos organismos das pessoas, mas a analise das respostas sugerem que as pessoas consomem as bebidas alcoólicas por causa das emoções incutidas tradicionalmente nessas bebidas, que sempre foram induzidos pela indústria.

Especialistas dizem que é difícil assegurar se de fato as pessoas sentem as emoções que as bebidas projetam. Pois existe um contexto social que influência o consumo, como a costume de beber cerveja em churrasco, beber champanhe em comemorações refinadas e tomar wyski sentado numa poltrona depois de um dia cansativo, hábito muito repetido em personagens de filmes e seriados.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *