Normas brasileiras de sustentabilidade são modelos para outros países

A ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), desenvolveu uma norma que é redirecionada para o desenvolvimento sustentável nos meios de hospedagem que servirá de apoio para o fornecimento de um novo protocolo da instituição responsável mundialmente pela uniformização de produtos e serviços, a ISO, sigla em inglês para International Organization for Stardardization.

O Sebrae, motivado pelo setor de turismo em parceria com a ABNT, apresenta normas de práticas socioambientais dos hotéis e pousadas e disponibiliza na internet diversas técnicas para promover as práticas sustentáveis do setor.

O documento intitulado como Meios de Hospedagens – Sistema de gestão da sustentabilidade – Requisitos, é brasileiro e irá apoiar o que vem sendo chamado de ISO/CD 21401, que tem a previsão de ser publicado em 2018.

O ano considerado de dedicação ao Turismo Sustentável foi anunciado pela ONU, a Organização das Nações Unidas. A responsável pelo desenvolvimento das normas foi a Associação Brasileira de Normas Técnicas, em parceria com o Comitê Brasileiro de Turismo, que tem a participação do Ministério do Turismo. Os requisitos da regra são a sustentabilidade nas hospedagens, com critérios mínimos estabelecidos para o desempenho do tema para que os meio de hospedagem formulam objetivos que tenham requisitos legais e informações sobre os impactos ambientais, econômicos e socioculturais.

O fato das pessoas estarem mais exigentes e os destinos turísticos mais concorrentes a regra vem fortalecendo o setor. A redução de custos possibilita a adoção da norma de impactos socioambientais e ajuda na retomada da biodiversidade, promovendo a justiça social e valorização a cultura do local. A transparência de processos de decisão é estimulada na decisão e representação comunitária, proporcionando um destaque no mercado com o empreendimento certificado.

De forma ampla e garantida, a sustentabilidade no turismo é aceita não apenas pelo cuidado com os recursos naturais, mas também na defesa da integridade e cultura das regiões visitadas. O Brasil além das normas da ABNT, também possui políticas de encorajamento do Ministério do Turismo para a divulgação do tema nos destinos. A empresa Mtur em 2016 lançou um Guia de Turismo e Sustentabilidade que traz conhecimentos e práticas de sustentabilidade em empreendimentos, com retornos positivos para as características econômicas, sociais e ambientais.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *