Falsa médica foi presa em São Paulo depois de ter trabalhado por 3 meses

Foi presa em Ibirá, São Paulo, no dia 24/10,  uma falsa médica que atendia mais de 20 pessoas por dia. De acordo com a Policia Civil, a criminosa atuou por 90 dias na cidade e atendeu cerca de 400 pessoas, ela se fingiu ser uma dermatologista da capital paulista.

Quando a falsa médica foi confrontada na Policia Civil, ela sabia o numero do RG, CPF, CRM e até mesmo o nome da mãe da médica verdadeira. No entanto, quando os agentes da Policia Civil perguntaram o nome do pai, ela cometeu um erro, explicou o delegado Roberval Costa Macedo. A falsaria foi presa por exercício irregular da profissão e identidade falsa. O hospital que a empregou por 90 dias informou que ela apresentou todos os documentos solicitados.

A suspeita tinha um carimbo e um jaleco com os dados da verdadeira médica bordados, esses pertences eram originais, pois foram furtados em São Paulo no ano anterior. A vítima disse que quebraram os vidros do seu carro e levaram a sua bolsa com todo o seu material de trabalho, e através deles a suspeita teve meios de conseguir o emprego em seu nome. A falsa médica falsificou os documentos da vítima e ainda teve a ousadia de abrir uma conta bancaria com eles, numa agencia situada no Hospital de Base de Rio Preto. A vítima falou que foi alertada pelo banco que tinham sido devolvidos mais de 10 cheques, e que soube pela agência que existia uma conta em seu nome em outra cidade.

Segundo o delegado, a suspeita confessou que chegou a trabalhar em outros lugares e que o nome verdadeiro dela é o mesmo da vítima, Kelly Queiroz. A suspeita já tinha histórico na policia por estelionato e falsidade ideológica. A fiança foi estipulada em R$ 5 mil reais, mas a falsa médica não realizou o pagamento e então foi conduzida para a prisão de Santa Adelia (SP). A prefeitura da cidade não quis comentar o caso e se ausentou de responsabilidades, alegando que foi o hospital que realizou as contratações.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *