Order-ID: 26393 Hotel na Coreia do Norte faz trinta anos que está sendo construído

Related image

Na capital da Coreia do Norte, na cidade de Pyongyang, existe um hotel que nunca foi terminado, com 330 metros de altura e chamado Ryugyong. Ele está localizado no centro da capital norte-coreana, sendo mais conhecido como Edifício 105, já que nos seus 105 andares, nenhum hóspede jamais se hospedou ali.

Graças a sua cúpula pontiaguda e da sua forma de pirâmide, ele acabou virando um cartão postal e ele também pode ser visto de qualquer lugar da cidade.

A sua construção foi nos anos noventa, com o objetivo de mostrar o poder do país, sendo utilizado 2% do PIB da Coreia do Norte, ou US$ 750 milhões, mas a sua construção não foi terminada.

Esse empreendimento acabou se tornando a marca do insucesso da economia norte-coreana, e um vexame para o regime comunista do país.

O hotel que seria o mais alto do planeta, acabou se tornando o prédio mais abandonado do mundo. Isso aconteceu porque a construção que começou em 1987, exatamente um ano depois que a empresa SsangYong Group, da Coreia do Sul, havia acabado a construção do hotel Westin Stamford, em Cingapura, que até então ficou sendo o mais alto do mundo, e a Coreia do Norte queria mostrar, que poderia construir um mais alto ainda.

O hotel Ryugyong foi idealizado pelo governo da Coreia do Norte, para que investidores ocidentais pudessem investir no país, e ele teria cassinos, salões japoneses e casas noturnas.

A construção tinha uma estimativa de ficar pronta em dois anos, mas complicações com os procedimentos de construção e os materiais utilizados, diminuíram o ritmo das obras e em 1992, ela parou inteiramente, devido à crise que atingiu o país ocasionada pelo  fim da URSS  (União Soviética), de quem obtinha ajuda financeira.

Devido à péssima qualidade dos materiais usados na obra, e pela carência de medidas de segurança, uma comissão da Câmara de Comércio da União Europeia no país que inspecionou o hotel, descreveu ele como o pior prédio do mundo, e que não havia maneira de recuperá-lo.

Em 2008, depois de anos abandonado, um grupo de telecomunicações do Egito, a Orascom Telecom, começou a recuperá-lo com a parceria de uma companhia sul-coreana. O objetivo era melhorar a estética da cidade com novas vias, fachadas de prédios e teatros.

Cerca de dois mil trabalhadores começaram a cobrir com painéis de vidro a torre. Mas em 2012, a mesma empresa do Egito mostrou imagens feitas no interior do prédio, mostrando canos, fiações aparecendo e vigas.

Após trinta anos do início da construção, a reforma do hotel está sendo considerada uma prioridade para o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-um, demonstrando que ele deve ficar pronto finalmente.

Conheça destinos românticos alternativos pelo globo

Seja para passar a lua-de-mel ou simplesmente para viajar em casal, existem vários destinos ao redor do mundo muito interessantes, que vão além de Paris e Veneza, as duas escolhas mais populares entre os casais que planejam uma viagem a dois

Pensando nisso, a seguir está uma lista com destinos paradisíacos e feitos para receber casais, os quais parecem cenários tirados dos filmes românticos de Hollywood.

1) Ilhas Maldivas

Resultado de imagem para ilhas maldivas

Localizada no Oceano Índico, as Ilhas Maldivas são consideradas por muitos  como o paraíso na Terra.  No total, elas são formadas por um conjunto de quase 1.200 ilhas, todas com praias paradisíacas e areia branca. Caso o orçamento da viagem seja considerável, é possível se hospedar em hotéis luxuosos formados por bangalôs à beira mar, dos quais além da privacidade, também se tem vistas incríveis do mar.

2) Québec – Canadá

A província de Québec é conhecida pelo seu estilo europeu, repleta de construções charmosas e imponentes, que não perdem em nada para os castelos da Europa. Em relação a gastronomia, a cidade possui ótimos restaurantes com bons vinhos, uma boa alternativa especialmente para os turistas dispostos a viajar durante o inverno, que acontece nos meses de janeiro a março.

3) Kyoto – Japão

Resultado de imagem para turismo kyoto

Para os turistas aventureiros que procuram por uma opção realmente diferente, Kyoto pode ser a escolha perfeita para uma viagem romântica. Durante a primavera, as centenas de cerejeiras da cidade desabrocham, formando um dos cenários mais incríveis e poéticos imagináveis. Tranquila e bastante pacata, Kyoto ainda oferece passeios de barco ao longo do canal Okazaki, no qual é possível observar paisagens lindas da cidade,

4) Praga – República Tcheca

A capital da República Tcheca é formada por ruas estreitas e estilo antigo, ideal para os casais que valorizam passeios históricos. O centro da cidade, inclusive, é considerado como Patrimônio da Unesco desde o ano de 1992, o que ressalta o clima antigo e nostálgico do local. Outro ponto positivo são as diversas atrações arquitetônicas e os museus.

5) Bruges – Bélgica

Resultado de imagem para bruges

Bruges é uma cidade relativamente pequena, o que a torna um destino turístico perfeito para os casais que não procuram por agitação e passeios cosmopolitas. Cheia de parques, praças e ruas de paralelepípedo, a cidade ainda possui vários canais, nos quais é possível passear de barco e ter vistas lindas da região.

 

França registrou queda no número de turistas em 2016

Resultado de imagem para turismo na frança

No ano de 2016, a França registrou um número entre 82,5 e 83 milhões de turistas estrangeiros no país, o que significa uma diminuição de aproximadamente dois milhões de visitantes quando comparado ao ano anterior, comunicou Jean-Marc Ayrault, o atual ministro das Relações Exteriores da França.

Essa diminuição no número de turistas estrangeiros foi vista como resultado dos atentados terroristas praticados recentemente no país, e também das fortes enchentes e greves gerais em diversos setores. Contudo, a queda não foi o bastante para que a França perdesse a primeira posição como  maior destino turístico do mundo.

Apesar da queda, o Ministério das Relações Exteriores da França, que acumula as questões acerca do turismo, destacou que esses mais de 82 milhões de turistas que escolheram visitar o país ressaltam a força do turismo francês. Para a França, essa queda de dois milhões de turistas após um ano tão difícil foi vista inclusive, de certo modo, como positiva, pois as expectativas mais pessimistas indicavam uma queda ainda maior no ano de 2016.

Em meio as estatísticas, o setor do turismo francês ainda conseguiu identificar alguns aspectos positivos, como por exemplo, o grande aumento no número de turistas japoneses na França, o qual continuou aumentando no primeiro trimestre de 2017, com uma expansão de 60% nas vendas das passagens aéreas para Paris saindo do Japão.

O Ministério das Relações Exteriores também fez questão de destacar que, recentemente, o governo do país liberou mais de € 40 milhões de euros para serem investidos na expansão do turismo, sendo que desse valor, € 15,5 milhões serão dedicados exclusivamente para a melhoria da segurança para os turistas, uma forma de driblar o impacto negativo oriundo dos ataques terroristas que ocorreram em solo francês nos últimos tempos.

Atualmente, na França, cerca de dois milhões de pessoas trabalham de forma direta ou indireta na indústria turística. Pensando em expandir esse setor e aumentar o número de empregos, o Ministério das Relações Exteriores planeja expandir o número de turistas anuais para 100 milhões até o ano de 2020, planejando ainda prolongar a estadia dos turistas e a despesa média gasta no país.

 

As mais belas praias do litoral baiano para passar férias

A Bahia é um estado brasileiro conhecido por atrair diversos visitantes durante o ano inteiro, que buscam diversão e descanso nas mais lindas praias do nosso litoral. Alguns desses locais são:

Itacaré – Esse local possui quatro lindas praias, onde o visitante pode pegar uma trilha e chegar em Havaizinho, Camboinha, Engenhoca e Itacarezinho. Depois ele também pode assistir ao fantástico pôr do sol que essas praias oferecem. Anoitecendo, um passeio pode ser feito pelo centro da cidade, onde o artesanato local pode ser encontrado.

Resultado de imagem para trancosoTrancoso – A cidade que já se chamou São João Batista dos Índios, até hoje possui ainda características preservadas dos primeiros povos brasileiros. Com sua natureza belíssima, várias árvores centenárias ainda são encontradas, como jacarandás, mangueiras, jaqueiras e amendoeiras.

Arraial D’Ajuda – Com paisagens fantásticas e uma extensão de vinte quilômetros de praias, de areias brancas, águas mornas e coqueirais, completam esse paraíso. Existe uma lenda que o seu nome foi dado graças ao surgimento de uma fonte milagrosa, que com a sua ajuda, os problemas de abastecimento de água foram sanados no local.

Resultado de imagem para Arquipélago de Abrolhos

Arquipélago de Abrolhos – Local usado para o mergulho, tanto por profissionais como por amadores, é em Abrolhos que as  baleias jubarte  vão durante os meses de julho a novembro, para se acasalar, parir e amamentar as suas crias. Esse local é considerado um dos mais belos do mundo, sendo possível fazer passeios de escuna, onde os visitantes podem apreciar toda a sua beleza e aproveitar para ver as baleias nesses meses.

Morro de São Paulo – Nessa ilha os visitantes podem escolher entre as sete praias de águas mornas, tranquilas e cristalinas, se preferem as mais próximas da vila, com mais agitação ou as mais distantes, para aqueles que apreciam o naturismo. Na ilha não passam carros, o que transforma o local em um lugar perfeito para descansar.

Ilhéus – Conhecida pelas suas belas paisagens, praias e também cachoeiras, ela fica no Sul da Bahia. O local é considerado a capital do cacau, e a cidade ficou conhecida no país inteiro, depois da novela Gabriela Cravo e Canela, escrita pelo baiano Jorge Amado e que a sua história se passa na cidade.

Porto Seguro – É um local rico em história nacional, sendo que a cidade apresenta também cultura, arte e diversas belas paisagens. O visitante também pode praticar diversos esportes e alguns passeios ecológicos.

Resultado de imagem para praia do forte bahia

Praia do Forte – Ela é conhecida como “Polinésia Brasileira”, possuindo doze quilômetros de praias lindas com dunas, coqueirais, piscinas naturais e aldeias de pescadores. As corredeiras do Rio Pojuca também estão localizadas na Praia do Forte, que fica no município baiano de Mata de São João. O projeto Tamar que realiza a conservação e abrigo das tartarugas, é realizado nesse local, sendo ele o marco zero da Linha Verde.

 

Lugares próximos do Rio para passar feriados e finais de semana

O estado do Rio de Janeiro, possui lugares lindos para se aproveitar feriados e finais de semana, a poucas horas de distância. Alguns desses lugares são:

Martins de Sá, Paraty

Resultado de imagem para Martins de Sá, ParatyCercada pelo verde das montanhas, essa praia deserta fica em Paraty e é um local perfeito para quem deseja sossego e paz. Essa região faz parte da Reserva Ecológica da Joatinga, desde 1992. Além de ser uma praia perfeita para quem pratica o surfe, também é possível praticar a pesca submarina e tomar banho de cachoeira.

 

Enseada do Sítio Forte, Ilha Grande

Essa enseada possui seis praias com águas limpas, onde existem algumas colônias de pescadores. Outra atividade é a prática de mergulho, podendo visitar um navio naufragado em 1967, o Pinguino, que é um dos locais mais visitados por mergulhadores do mundo inteiro. Fora as belezas naturais das praias, existem vários restaurantes que servem como ancoradouro para navios de vários lugares.

 

Sana, Macaé

Esse vilarejo é um local rústico, com encantadoras pousadas, que fica numa região serrana de Macaé. É um local cheio de cachoeiras e diversas trilhas, onde existe a possibilidade de praticar esportes radicais e o ecoturismo. Localizado a 1.200 metros de altura, o Pico do Peito do Pombo serve de cartão postal do local. Também podemos encontrar grupos de músicos que tocam em bares nos fins de semana, com músicas para todos os gostos, como forró e samba.

 

Lumiar, Nova Friburgo

Resultado de imagem para Lumiar, Nova FriburgoEsse é um vilarejo localizado  perto de Nova Friburgo , e está rodeado por lindas paisagens da natureza. Encontramos nesse local, pousadas rústicas e encantadoras, onde os visitantes podem aproveitar o clima gostoso da região serrana. Possuindo pontos bastante atrativos, como piscinas naturais, trilhas e cachoeiras, as pessoas podem também aproveitar passeios de bicicleta, moto, jipe ou a pé, sentindo toda a energia da natureza a sua volta.

Na parte da noite, restaurantes com música ao vivo, divertem os visitantes, além de trutas, fondues e outras maravilhas servidas da região.

Aldeia Velha, Silva Jardim

Existem diversas atrações nessa pequena vila, que fica em um local preservado de Mata Atlântica, tanto para os que buscam tranquilidade, quanto para os mais aventureiros. A

Cachoeira das Andorinhas fica a uma distância de 4 km do centro e possui uma queda de doze metros, com uma tirolesa e rapel, para aqueles que gostam de um pouco de emoção. Subindo um pouco mais além desse local, existem dois poços que valem a pena serem visitados.

Serrinha do AResultado de imagem para Serrinha do Alambari, Penedolambari, Penedo

Localizada no caminho para Visconde de Mauá, em um local onde a natureza é preservada, ela é um dos melhores locais de Penedo para o ecoturismo. Lá existem nascentes de vários rios, podendo tomar banho em diversas cachoeiras e passar por várias trilhas. Nos meses de agosto a outubro, diversas borboletas acrescentam uma graça toda especial ao local.

 

75% das mulheres sofrem de candidíase

Os irritantes sintomas que incluem coceira interminável, corrimento e inchaço são sintomas da candidíase vulvovaginal, que é uma doença que afeta 75% das mulheres. “Desses 75% quase metade terá um segundo episódio e cerca de 5% apresentaram a condição mais de uma vez por ano”, diz o presidente da Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo (Sogesp) Paulo César Giraldo.

Apesar de não ser considera uma DST, confundida por ser causada por fungos oportunistas que já habitam no corpo, grande parte das mulheres já possui esse fungo sem que ele se manifeste necessariamente. Para que isso ocorra é preciso ter um ambiente propício e a vagina por sua vez sendo um lugar quente e úmido facilita esse processo.

Mulheres de qualquer idade estão propícias a terem candidíase e o médico explica “Mulheres na menopausa que não fazem reposição hormonal e crianças antes de começar a menstruar dificilmente terão a candidíase, mas não é impossível”. O médico também ressalta que para a doença se manifestar facilmente a mulher precisa estar com um nível certo de estrógeno no corpo, o que ocorre quando a mulher vai ovular por exemplo.

A candidíase não é uma doença exclusiva do órgão genital da mulher, podendo apresentar também no pênis e na boca, conhecida popularmente como “sapinho”. A origem desses fungos é a Candida, que podem estar presente em diversas partes do corpo e causam infecção. Ela irá se desenvolver caso encontre condições adequadas.

Apesar de não ser uma DST, não é recomendado ter relações sexuais no período em que o fungo causa enfermidade, explica Giraldo “Toda vez que a mucosa vaginal ou vulvar está inflamada, ela aumenta riscos para outras infecções virais, como HPV, herpes, HIV, hepatite, entre outras”. O médico afirma que a relação sexual em si pode ser prejudicial, pois envolve a penetração, saliva e contato com o preservativo, que pode ter grande influência no desenvolvimento da candidíase.

A prevenção inclui boas atitudes, como manter a região sempre limpa sem exageros, porém as chances de desenvolver a doença tem uma parte genética o que infelizmente não há solução. A higiene é um ato crucial para manter longe o fungo da Candida que tem facilidade de manifestação em ambientes sujos e em pessoas com a imunidade baixa. “Tirar as características próprias da pele da vulva é prejudicial, pois apesar de seca, ela tem que ter um pouco de oleosidade que é onde as bactérias e as células descamadas ficarão guardadas”, explica Girado. Por isso o cuidado é essencial, mas sem exageros.

Em relação aos tratamentos, o ideal é seguir orientações médicas especializadas, oferecidas pelo SUS e nunca fazer nenhum tipo de tratamento alternativo, como inserir alho ou iogurte na região vaginal. “Precisamos de evidências científicas que comprovem a eficácia desses produtos”, explica o médico.

Veja também: Conheça 15 tipos de DSTs e como preveni-las

 

Motoristas que usam celular ao volante podem dirigir por até 62 metros sem prestar atenção

Resultado de imagem para Motoristas que usam celular ao volante podem dirigir por até 62 metros sem prestar atenção

Uma mão no volante, e a outra com o celular, isso já virou hábito de muitos motoristas. Uma olhada rápida e alguns segundos digitando são o suficiente para colocar o indivíduo em uma situação de risco. Essas cenas são ainda mais frequentes nos engarrafamentos das grandes cidades, onde o motorista pega o celular enquanto espera os carros saírem.

Em testes com motoristas o Centro de Experimentação e Segurança Viária – CESVI Brasil, calculou o tempo de desatenção ao volante que o motorista sofre ao dar aquela olhadinha rápida no celular. Na pesquisa, teve motorista que ficou até quatro segundos e meio olhando só para o celular, o que quer dizer que ele dirigiu 62 metros sem prestar atenção na direção.

Parece pouco, mas dirigir 62 metros sem prestar a devida atenção ao volante é o suficiente para causar uma série de acidentes de trânsito. “Nesse período é possível acontecer muitos tipos de acidentes. Pode ter um ciclista, um pedestre, um carro ou um caminhão a poucos metros de distância, que acabará sofrendo as consequências desse motorista negligente”, disse Cláudio Guilherme, especialista em direção segura.

Se um motorista que está dirigindo a 100 km/h se distrair com um celular e tiver que frear no susto, os passageiros e ele próprio poderão sofrer até mesmo ferimentos graves, como traumas neurológicos por causa da freada brusca.

Para quem nunca quer se separar do celular até mesmo na hora de dirigir, fica o alerta: “O celular pode ser uma arma para quem dirige, pois, uma olhadinha rápida nele pode matar mais de uma vida”, disse Cláudio.

O especialista reforça que os motoristas se conscientizam e adotem uma direção mais segura para a sua segurança e de todos os outros figurantes que compõem o trânsito, como os demais motoristas, ciclistas e pedestres. É responsabilidade do motorista se manter dentro das leis de trânsito e zelar pela segurança de todos que estão a sua volta.

Como medida de segurança, para quem é viciado no celular, ele deve ser desligado durante o percurso e só deve ser ligado quando o motorista chegar até o seu destino. O especialista conta que para casos menos radicais, os dados móveis dos dispositivos podem ser desativados enquanto o motorista faz a viagem, assim ele ainda poderá receber ou fazer ligações em casos de emergências. Mas lembrando, ao ligar ou receber uma ligação é preciso parar o carro para falar ao celular.

Se o motorista está dirigindo com algum passageiro, uma outra opção é pedir para que o passageiro verifique o celular e faça o que tiver que ser feito para que o motorista não perca a atenção com o trânsito. O importante mesmo é entender que esse simples gesto de desatenção no trânsito é muito perigoso.

A China supera os EUA em investimentos ligados a energia renovável

 

A China pode ser o maior poluidor do planeta, mas também está mais avançado do que outros países em energia renovável

Com a administração atual dos EUA afirmando que o acordo de mudança climática de Paris irá prejudicar a economia americana, Pequim está investindo centenas de bilhões de dólares e criando milhões de empregos em energia limpa.

A China construiu vastos parques eólicos, ajudando a alimentar o crescimento das principais indústrias que vendem seus produtos em todo o mundo. “Mesmo na China, onde o carvão é – ou foi – o rei, o governo ainda reconhece que as oportunidades econômicas do futuro estarão em energia limpa”, disse Alvin Lin, diretora de política climática e energia de Pequim com o Natural Conselho de Defesa de Recursos.

Mais de 2,5 milhões de pessoas trabalham no setor de energia solar apenas na China, em comparação com 260 mil pessoas nos EUA, de acordo com o relatório anual mais recente da Agência Internacional de Energia Renovável. Enquanto o atual governo americano prometeu colocar os mineiros de carvão americanos de volta ao trabalho, a China está se movendo na direção oposta.

O carvão ainda compõe a maior parte do consumo de energia da China, mas Pequim encerrou as minas de carvão e estabeleceu planos no ano passado para cortar cerca de 1,3 milhão de empregos na indústria. O governo chinês também se moveu para restringir a construção de novas usinas de energia de carvão.

Pela primeira vez, a Administração Nacional de Energia da China em janeiro estabeleceu um objetivo obrigatório para reduzir o consumo de energia do carvão. Ela também estabeleceu um objetivo de energia limpa para atender 20% das necessidades energéticas da China até 2030.

Os analistas esperam que a China atenda facilmente esse objetivo. O Greenpeace observou em um relatório no início deste ano que o consumo de energia limpa do país aumentou para 12% no final de 2015. As fontes de energia renováveis representam cerca de 10% do consumo total de energia dos EUA, de acordo com as estatísticas oficiais.

Para ajudar a atingir o objetivo de 2030, a China está apostando em energia renovável. Prometeu em janeiro investir 2,5 trilhões de yuans (US $ 367 bilhões) em geração de energia renovável, solar, eólica e nuclear até 2020.

O investimento criará cerca de 10 milhões de empregos no setor, segundo os projetos da Administração Nacional de Energia. Atualmente, a China possui 3,5 milhões de empregos em energia limpa, de longe a maioria do mundo, de acordo com a Agência Internacional de Energia Renovável.

O país já se tornou um importante fabricante e exportador de tecnologia de energia renovável, fornecendo cerca de dois terços dos painéis solares do mundo. A China também tem um forte controle sobre a energia eólica. Produz cerca de metade das turbinas eólicas do mundo.

Qual a quantidade ideal de líquidos para ficar hidratado antes, durante e após os exercícios?

Resultado de imagem para beber agua

Você pode precisar de menos água do que você pensa, mas mais água do que outras bebidas hidratantes podem lhe oferecer. É em épocas do ano como o verão que nós ouvimos muitos conselhos sobre a importância de ficarmos hidratados. Entre outras coisas, é dito que devemos beber ao menos oito copos de água por dia e “fique à frente da sua sede” antes, durante e após o exercício para evitar a desidratação, o que prejudica o desempenho e causa danos.

Acontece que tais diretrizes não possuem apoio científico sólido. Pesquisas mostram que normalmente recebemos água suficiente através de alimentos, que fornecem 20% de nossa água e em seguida vem as bebidas (incluindo café, suco e chás). Para a maioria de nós, a sede é um indicador confiável de quando precisamos de mais fluido, mesmo durante o exercício.

A desidratação nem sempre é a ameaça que é retratada, segundo estudos. Contrariamente à crença popular, geralmente não é uma causa de dores musculares relacionadas ao exercício ou ao calor. Estudos envolvendo ciclistas competitivos descobriram que a desidratação leve não prejudica o desempenho do exercício.

Embora você queira se certificar de consumir água suficiente, especialmente se você é mais velho ou se exercita no calor, um problema maior que a desidratação é você estar bebendo líquidos demais durante o exercício, de acordo com um relatório elaborado por um painel de 17 especialistas. Se você tiver tanto fluido que seu corpo não consegue se livrar do excesso através da transpiração ou urina, os níveis de sódio podem tornar-se perigosamente baixos.

A condição resultante, conhecida como hiponatremia ou intoxicação por água, pode causar dores de cabeça, vômitos, confusão, convulsões e, em alguns casos, morte. Anteriormente, a hiponatremia ocorreu principalmente em corredores de maratona mais lentos, mas agora está aparecendo entre pessoas envolvidas em atividades como caminhadas, meias maratonas e ioga quente.

Um método suposto para determinar o seu estado de hidratação é verificar a cor da sua urina. Muitas vezes ouvimos que o xixi idealmente deve ser amarelo pálido e, quanto mais ruim for, mais você está desidratado. Mas esse conselho também é enganador.

Em uma revisão da evidência, os pesquisadores desconsideraram a noção de que a cor da urina é um marcador preciso de hidratação. Parte do problema é que alguns alimentos (como beterraba e cenoura) podem afetar a cor da urina, assim como certas vitaminas, dito para alguns medicamentos e suplementos dietéticos. Além disso, se esforçar para fazer xixi pálido pode induzir algumas pessoas a beber líquidos demais, se hidratar demais e desenvolver hiponatremia.

Os especialistas que criaram o relatório sobre hiponatremia dizem que a melhor maneira de garantir que você esteja devidamente hidratado antes, durante e após o exercício é “beber fluidos palatáveis quando com sede”.

Água apenas?

Se, para você, “fluidos palatáveis” incluem água pura, é a sua melhor aposta. Caso contrário, você pode encontrar águas aromatizadas ou usar gotas de sabor. Uma possível desvantagem desses produtos é que eles geralmente contêm adoçantes artificiais ou outros aditivos. Se você está procurando algo mais natural, adicione algumas fatias de frutas ou ramos de ervas.

As bebidas esportivas, que contêm fluidos, carboidratos e minerais conhecidos como eletrólitos, podem ser úteis para atletas envolvidos em exercícios vigorosos por mais de uma hora, especialmente em clima quente. Mas para a maioria de nós, eles não oferecem benefícios sobre a água enquanto fornecem calorias extras e açúcar que não precisamos.