Fertilidade masculina pode ser afetada por exercícios físicos

Image result for Fertilidade masculina  exercícios físicos anabolizantes

 

O especialista foi um dos 700 profissionais que participaram no final de maio deste ano do 2º Congresso Internacional Huntington de Reprodução Humana. Foresta reforçou em uma de suas palestras a relação entre o estilo de vida e a formação dos espermatozoides e seus efeitos dos ambientes e escolhas no dia a dia na fertilidade masculina.

Publicado na revista Reproduction em dezembro do ano passado, um resultado de efeitos de diferentes tipos de exercícios físicos quanto a qualidade do sêmen que mostrou que em apenas alguns meses de atividade física já houve diferença. O estudo contou com a participação de 397 homens que foram submetidos a treinamentos seguidos e de intervalos de alta e moderada intensidade.

Essa descoberta se dá pela importante influência da qualidade dos espermas e na sua reprodução. Espermatozoides de qualidade ruim e DNA fragmentado, estão ligados a maiores riscos de abortos espontâneos, defeitos congênitos e gestações mais curtas.

O excesso de exercícios pode colocar em risco a fertilidade do homem, e embora a descoberta seja uma boa notícia, fica em nossas mãos o poder de melhorar nossos gametas para então se reproduzir.

Alguns exercícios como ciclismo, automobilismo causam pequenos traumas de modo repetitivo nos testículos e outros esportes com outros riscos de impactos como lutas que aquecem a região pélvica. Os testículos são exteriorizados para que permaneçam em uma temperatura mais baixa que a dos órgãos internos afetando a qualidade e movimentação dos espermatozoides que acaba se tornando um problema, pois os espermatozoides dependem de algumas condições para se manterem em bons níveis.

Por outro lado não quer dizer que os homens devem ser sedentário e não praticar atividade física com medo de afetar seus espermatozoides, muito pelo contrário, alguns tipos de atividades físicas prejudicam, por terem impactos na parte onde está localizada o pênis e o saco escrotal masculino.

O abuso das práticas de exercícios físicos para um bom resultado está ligado ao uso de anabolizantes onde acaba sendo ainda maior a complicação onde há um bloqueio pela testosterona sintética bloqueando a produção dos espermatozoides que pode ocasionar na diminuição dos testículos devido a alta dose de hormônio.

Apesar de o nosso organismo voltar ao normal, após deixar de ingerir essas substâncias por um período de três meses, os anabolizantes são produtos derivados da testosterona que é o hormônio responsável por caracterizar as diferenças entre homens e mulheres e atua diretamente no crescimento das células e tecidos do corpo como por exemplo as células ósseas e musculares.

Veja também: Os riscos e benefícios de uma gravidez tardia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *