Roubo de queijo na Itália assusta produtores

Um crime cada vez mais comum na Itália e que está sendo investigado pela polícia italiana com vários registros de ações audaciosas da máfia. Um crime que está se tornando cada vez mais comum em várias regiões da Itália e que preocupa muito vários produtores, o roubo de queijo.

Porque os criminosos estão atrás justamente de queijo? Na Emília-Romanha, Itália central, região mais rica do que a Suíça e cuja a capital é Bolonha, um queijo desses vale como ouro. É o Parmigiano-Reggiano, conhecido no Brasil como Parmesão. Ele foi inventado nos monastérios da idade média.

A planície italiana produz 3.400 queijos parmesão por ano. Faz frente a um grande mercado de € 2 bilhões, mais de R$ 6,5 bilhões. Por causa do valor, é o queijo mais imitado e falsificado no mundo, e agora também roubado.

Ainda hoje, ele é feito com o mesmo processo: leite cru e coalhada, sem nenhum aditivo químico. As vacas se alimentam de ervas e feno. Um Parmesão inteiro custa € 350,00 – quase R$ 1200,00.

Para fugir dos ladrões, um banco em Reggio-Emília, oferece um serviço inusitado para os clientes, um cofre muito especial para guardar queijo. Hoje em dia só um banco parece ser capaz de tutelar esse patrimônio. Uma verdadeira fortaleza com paredes grossas em concreto armado. Dentro do banco existem 300 mil queijos, um tesouro que vale mais de € 160 milhões e que pertence a cerca de 50 clientes. As formas passam meses ou até anos descansando, porque o verdadeiro Parmigiano quanto mais velho melhor fica.

O cofre tem 37 mil metros quadrados e um sistema de segurança notável. Utiliza um sistema de segurança integrado, com vários tipos de alarmes, câmeras de capitação de imagens no escuro, sensores, equipes de vigilância 24 horas que podem ter apoio tático em 5 minutos.

Uma cooperativa da região do Reggio e que representa 27 empresas, já foi roubada várias vezes pela máfia dos queijos. Não é um assalto nada fácil porque cada forma de Parmigiano pesa 40 Kg. Na última vez que esta cooperativa foi roubada, os ladrões levaram 150 queijos somando 6 mil Kg. Provavelmente estacionaram do lado de fora da cooperativa 6 furgões e passaram os queijos através de uma janela.

Como o queijo é vendido em pedaços, fica difícil seguir pistas, mesmo assim a polícia já prendeu alguns ladrões da máfia dos queijos. Para a Itália, o Parmigiano- Reggiano é parte importante da sua cultura e da sua identidade, e agora virou também caso de polícia. É um símbolo do país e da história desta região, devido a sua popularidade e paladar inigualável, o queijo hoje em dia é exportado e conhecido em vários países.

Veja também: Ladrões roubam mel e até abelhas em propriedades do interior do RS.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *